31 de mai de 2012

Paladinos da Justiça





Boa noite meu queridos, tudo bem com vocês? Hoje o nosso quadro, cultura em geral, traz a vocês mais uma novidade totalmente inútil legal, aquilo que nos do FL Play denominamos: Paladinos da Justiça! Bom, há muito tempo atrás o jovem pequeno gafanhoto maconheiro Leonardo Dekalq deu asas a sua imaginação alucinógena fértil, e criou esses heróis imbatíveis (será?). Guerreiros tão fodas que a Marvel espertinha copiou e criou os vingadores antes que o mundo descobrisse os paladinos (mentira desculpa Marvel)... Bom sem mais delongas aproveitem a leitura! Tamo junto moçada!



Os Paladinos da Justiça!


Planeta Terra, o terceiro planeta do sistema solar, este que por sua vez situa-se na Via Láctea, uma pequena esfera em um universo desconhecido e enorme. Olhando daqui este pequeno planeta parece bonito, azul e belo. Rico em seus recursos naturais, possuindo uma população gentil. Bom, isso foi a tempos atrás a situação não é mais assim. Hoje é um lugar assolado pelo medo e terror com seus habitantes sofrendo contantes ataques de criaturas sobrenaturais que dominam esse pequeno lugar. Haviam guerreiros que defendiam esse pequeno planeta, pessoas que davam suas vidas para salvar a todos, mantendo os planos dimensionais em seus respectivos lugares.


Pouco se sabe de como surgiram ou como sumiram esses bravos heróis, poucas pessoas sabem sobre sua existência e o que fizeram por elas. Pessoas misteriosas que vagavam pelas ruas das cidades, cantos e becos escuros, alguns dizem que eles só saiam à noite. Seria isso um mito? Uma lenda? Ou uma simples história? Como separar aquilo que é verdadeiro dos boatos urbanos? Afirma o que é falso ou não? Talvez tudo não passa de crença você não acha? Cliquem em mais informações para continuarem lendo!

Na verdade não há como ter certeza da existência real dos Paladinos, correm os boatos de que pessoas com experiências de quase morte desenvolvem uma capacidade de enxergar os diferentes planos de nossa existência. - os quais seriam nove no total - conseguindo deste modo localizar esses tais guerreiros! Essas pessoas são denominadas Sensitivas! Contudo, são raros os que sabem que possuem esse dom, e os que possuem se julgam loucos. Bem, eu sou um deles, mas não fiquem assustados estou apenas narrando uma história que tenho fé que seja real, ou pelo menos preciso acreditar que seja para não desistir de ir enfrente. No começo achava tudo estranho, vi um rosto de demônio em minha professora na sala de aula, o que foi aterrorizante. Professores só por serem professores já são, imagina com um rosto demoníaco!? Na verdade não imaginem.

Mas, na verdade a essa altura você deve estar se perguntando quem sou eu? Não gosto muito de apresentações, por isso, deixemos elas para outra hora. Na verdade tente me imaginar se for possível, nunca fui o melhor da minha classe sempre sentava no fundo, meio isolado (fugia da popularidade apesar de ser arrastado para ela as vezes), tinha poucos amigos, mas os poucos era os melhores que eu poderia ter! Bem, hoje as coisas estão um pouco diferentes - não tenham presa vocês já irão entender -, eu sou este a quem vocês vêem correndo por estas ruas escuras da cidade.  A chuva que cai agora não é normal, é um presságio, algo ruim esta para acontecer. Eu tive uma visão de que um velho sábio estaria em algumas dessas tabernas, alguém que poderia saber a localização dos paladinos, o que seria de certa forma, uma esperança para a humanidade. Porém, seria isso um sonho ou realidade? Como distinguir estes dois? Não tenho certeza, mas a única maneira de descobrir é tentando!

Ao chegar à taberna encontrei o tal velho, a um primeiro ver ele me pareceu ser quem pensei que fosse, e, apesar da minha desconfiança, adentrei ao local com cautela. Minha respiração estava pesada, me sentia sobre uma tensão que até então não havia passado, contudo, arrisquei chamar pelo senhor que inicialmente tinha avistado:

- Que lugar estranho! Ei senhor. Senhor! Pode me ouvir?
- Calma garoto! Não deveria interceptar um ancião que está calmamente observando essa gélida chuva cair aos berros.
- Desculpe-me, não era esta minha intenção. Mas o que faz aqui dormindo com toda essa chuva e caos pela cidade? Ao menos sabes o que esta acontecendo lá embaixo?
- Sim. Eu sei. Nem sempre foi assim, esse lugar já foi belo e bonito, com pessoas boas a governar cada cidade, estado e país. Com um único Deus bom e veras que protegia a todos. Mais hoje tudo mudou, nada mais passa de um simples capricho pueril daqueles que tomam conta deste universo, guiado por uma força maior que comanda as noves dimensões!.
- Como assim? Conte-me essa historia.
- É longa e demora, você deve ter mais o que fazer.
- Não me importo com o tempo, eu tenho bastante a disposição.
- Garoto não devia falar isso para um velho!
- Agora já disse, por favor conte-me mais sobre as dimensões, e os paladinos você sabe quem são?
- Lógico que sei, guerreiros tão corajosos e poderosos que com um só golpe podiam contar o céu! Mas isso não passa de lenda menino
- Não! O senhor está enganado eles existiram eu sei disso!
- Porque tanta fé em algo que nunca poderá ter certeza da existência?
- Eu apenas sei que eles existem! Não tente me provar o contrário, se puder, apenas conte-me o que sabes!
- Okey, jovenzinho impetulante. - após dizer isso o velho um pouco admirado pela coragem e crença pensa consigo mesmo - (é admirável a audácia deste jovem rapaz, seria ele a esperança que por tanto tempo Algor nos fez acreditar que havia disparecido? Seria ele um sensitivo?)

Regrado por dúvidas e perguntas o velho durante um tempo pareceu imóvel enquanto o garoto o observava, preocupado sem saber o que fazer o jovem apenas o observava! Aos poucos o ancião voltou a se mexer e dar uma risada um pouco esquisita, e pegando um velho cachimbo a dar baforadas disse ao garoto:

- Bom, já que queres saber, aqui vai a verdade sobre a terra, os paladinos e as dimensões meu jovem, espero que esteja certo do que queres!
- Pode ter certeza que sim velho!

E então, o que será que o velho tem a contar? Quem sera Algor? O que são essas dimensões? Qual a importância desse garoto? Fiquem ligados, quinta que vem tem mais! Valeu moçada!


Por: Winchester

Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário