11 de jul de 2012

Resenha sobre Supernatural Parte 01

Fala galera, como estão vocês? Depois de um longo tempo sem postar aqui, nós do FL Play, regressamos com nossas imaginações fervilhantes! Hoje, venho aqui para falar de coisa boa (sim acredite), tentarei, em uma serie de dois posts, trazer para vocês um pouco do universo da série Supernatural! Uma das series que nós do canal mais amamos (espero que vocês também, e para quem ainda não assistiu, esta esperando o que rapaz?), e que com certeza conta com o fandom mais apaixonado também. Por isso, quero deixar claro que aqui estarei expondo minha humilde opinião de fã, mas sintam-se a vontade para debater nos comentes aqui do blog!

Supernatural – ou Sobrenatural como é chamado em terras brazucas – é uma série norte-americana criada pelo escritor Eric Kripke, sobre dois irmãos Dean e Sam Winchester (interpretados por Jensen Ackles e Jared  Padalecki  respectivamente), que viajam em seu Chevy Impala 67 pelos EUA afora caçando criaturas sobrenaturais. Porém, não pense que a coisa é tão simples quanto parece, a carga emocional que cai sobre os irmãos a cada episodio é o ponto chave para tudo funcionar de maneira perfeita. Não é uma série totalmente voltada ao sobrenatural apenas, mas trata das relações entre famílias imperfeitas que lutam para permanecerem juntas , e por mais que seja uma família que passe por situações estranhas, essa vertente é sempre decisiva para o show funcionar. Originalmente a série foi exibida pelo canal The WB, contudo com uma divisão criada pela emissora hoje a série pertence a sua extensão a The CW.

Eric havia imaginado que supernatural teria a princípio três temporadas, mas acredito que ele não imaginava o sucesso estrondoso que tinha criado. Já de inicio o primeiro episodio foi visto, por nada mais nada menos, que 5,69 milhões de telespectadores. O sucesso dos quatros primeiros episódios da serie foi tanto que já em sua primeira temporada a emissora que transmite o show pediu a Kripke e seus competentes produtores para produzirem 22 episódios para sua primeira temporada, o que se repetiu em quase todas as temporadas, exceto na terceira que é a mais curta contando com 16 capítulos. Após a boa aceitação do show, Kripke repenso a história, estendendo ela para cinco temporadas. Contudo, mesmo com o encerramento do enredo principal com o termino da quinta temporada, a CW renovou o show. O que levou Eric a deixar o cargo de ShowRunner, passando o bastão para a produtora executiva Sera Gamble. A partir  daqui as temporadas que vieram dividiram o fandon, alguns afirmam que a essência da serie se perdeu, outros amam igualmente sem exceção. Minha opinião de fã é que a serie manteve o ritmo, é sempre ótimo ver o show que você assiste renovado para mais um ano, ta certo que a Sera fez arcos incríveis e não soube encerrá-los com tamanha magnitude que os criou, mas a serie ainda tem muito a contar.
  
Um fato interessante para ser apontado é que, apesar dos rapazes passarem toda a série viajando nos EUA, as filmagens são todas gravadas em Vancouver, mais precisamente no estado da Colúmbia Britânica. Hoje a série se encontra em Hiatos, aguardando para estrear sua oitava temporada que deve vir ao ar em meados de outubro desse ano. Vamos agora conhecer alguns personagens importantes da serie:


Dean
DEAN WINCHESTER: Ele é o irmão mais velho o típico cara durão do seriado, sempre fechado quando se trata de falar daquilo que esta sentindo. Nesse aspecto muitas vezes demonstrar ser frio, por uma necessidade que carrega de ter que proteger ser irmão Sammy (acredite só o Dean pode chama-lo assim). Contudo, é um cara mulherengo, engraçado e brincalhão sempre que pode. Garante sempre boas risadas com suas boas tiradas de humor, cheias de sarcasmo e ironia. Não importando se quem esta a sua frente é um anjo, um demônio, a morte ou ate mesmo Deus! Mesmo assim, ninguém é de aço, e em alguns episódios nos deparamos com um Dean meio abatido, com a cabeça cheia de conflitos, precisando por para fora um pouco disso. É nesses momentos em que as altas doses de álcool não o ajuda, que podemos ver o lado mais humano dele.

Sam
SAM WINCHESTER: O filho rebelde que não aceita as regras do pai é quer ter sua vida própria. A princípio esse é o desenho que temos de Sam, afinal a maioria das brigas tidas entre os irmãos, em um primeiro momento da série, se dá por esse motivo. Mas Sam é um cara todo certinho, aos poucos descobrimos que o seu real motivo de ter fugido de casa era apenas ter uma vida normal, o que todo mundo quer não é mesmo? Cursar faculdade, ter seu trabalho, casar, ter filhos e não ter que cremar uma criatura sobrenatural aos 12 anos! Bom, o Sam (sim, Sam nunca Sammy se você não for o Dean) fazia isso! Vemos que o grandão (sim, ele é muito alto) na verdade é bem mais sentimental que a maioria dos caçadores que nos são apresentados no decorrer da série. Sempre se perguntando se aquilo que ele faz é certo, ou hesitando em atirar em determinadas criaturas por serem crianças e coisas do tipo.

John
JOHN WINCHESTER: Com todo o perdão da palavra mais o patriarca da família era um puta de um caçador, e seus filhos não ficam nada atrás. Apesar de ter aparecido pouco na série (sim, ele devia ter aparecido mais), John é o cara que não espera pela “justiça do mundo” e após o incidente com sua esposa Mary, ele resolve pegar o filho da mãe demônio que fez aquilo. Não vemos muitos traços de afetividade em John na primeira temporada, pois está a todo momento focado em seu plano. Mas, nos poucos momentos que ele tem com seus filhos, sempre demonstra um carinho e muito orgulho por, apesar das dificuldades, eles terem se tornados ótimas pessoas. Isso pode ser notado melhor em episódios que os garotos são mandados no tempo para resolver alguns problemas pendentes e ele aparece.
Bobby

MARY WINCHESTER: Mesmo não tendo uma participação muito incisiva na série, podemos conhecer Mary através dos episódios que os irmãos voltam no tempo, mulher de atitude ela.

BOBBY SINGER: Quando as coisas aperta para quem ligar? Bobby é claro! Apesar de a princípio ele querer dar um tiro nos Winchester quando eles aparecem em sua casa (pequenos acertos que ele tinha com o patriarca da família), Bobby se torna o paizão dos irmãos ao longo da série. Dono de uma biblioteca invejável, nada acontece sem que ele não possua algum registro sobre em seu acervo. Exímio caçador e sempre pronto para ajudar os irmãos!

Castiel
CASTIEL: Pode ser dado a Castiel o marco de ter levado a série em um novo rumo. Até antes da sua aparição, na quarta temporada, a séria contava apenas com demônios e um arco sobre demais criaturas sobrenaturais, a tropa celestial nunca havia se mobilizado para ajudar os Winchesters. Com a entrada de Castiel e seus compatriotas, a série mudou toda sua mitologia, focando mais em fatos bíblicos e não mais em caçadas de eventos sobrenaturais aleatórios. Castiel, quanto entra na série, é um soldado de Deus. Sem emoção, sem opinião, sem muitos disse me disse, apenas faz o que lhe foi ordenado e pronto. Não é um bom entendedor de piadas e possui um rosto que, independentemente do que aconteça, não muda. Ao longo das temporadas ele sofre algumas alterações e se tornar mais independente, mas mesmo assim não entende muito sarcasmo e humor.

Lúcifer
LUCIFER: Supernatural conta com uma das melhores (se não a melhor) representação do chefão do inferno que já vi na vida. Traiçoeiro, mentiroso, irônico, sarcástico e por ai vai. O cara é um filho da mãe de mão cheia! Um destaque que vale ser ressaltado.

ELLEN HARVELLE: É uma caçadora que administra o  Harvelle's Roadhouse  (ou Bar da Estrada em português) em Nebraska. Um bar aonde caçadores de diversas regiões se encontram, seja para descansar, jogar ou procurar pistas de casos.

JO: Filha de Ellen, teve seu pai morto em uma caçada com John. Seu sonho é se tornar caçadora, assim como seu pai, o que sua mãe repudia com todas as forças. Ao longo da série todos torcem para ela se acertar com o Dean. Bom, ai só vendo para saber!

TRICKSTER: Os episódios em que ele (brincalhão na tradição) aparecem são sempre regrados com altas dosagens de humor, e ele é um personagem que esconde um segredo bem interessante.

Azazel
AZAZEL: Ou demônio do olho amarelo se você preferir. Durante um bom tempo você ouvira esse nome como sinônimo de medo e mistério, um dos principais vilões da série, um cara intrigante e com um histórico com a família Winchester bem mais antigo do que você imagina.

RUBY: Uma demônio na vida dos Winchesters. Uma vilã que, por incrível que pareça, apesar de você torcer pela sua morte, te causa algo que você hesitaria antes de atirar, pois parecer ter um segredo importante que pode ajudar. Mas, ate quando?

LILITH: Outra vilã casca grossa. Poderosa, armada e com altos planos para os irmãos. O seu arco, juntamente com o de Ruby, são fenomenais e fundamentais para a quinta temporada.

Bom, sei que mesmo me esforçando para abranger personagens importantes de todas as temporadas, ainda falto muita gente. Contudo, espero que tenham gostado desse sobrevoo sobre essa incrível serie. No próximo post pretendendo trazer um pouco sobre cada temporada e mais algumas coisas, fiquem ligados.  Quem quiser ficar mais por dentro da série, segue aqui o link do melhor fã site da serie do Brasil, vale muito a pena conferir. Obrigado pela visita, e se puder, volte mais vezes! Abração galerinha!




Por: Winchester!
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Esse post foi top!! Até a 5° temporada do seriado o enredo foi muito bom ( principalmente a 5° temporada!) Agora a 7° temporada com a historia dos Leviatã ficou um pouco fraca, tomara que a 8° temporada seja melhor que a ultima!

    ResponderExcluir