7 de dez de 2012

Resenha de Quinta: Capital Inicial Saturno



Fala galera, como vocês estão? Estamos aqui hoje reunidos para fazer aquela Resenha de Quinta, marcador este que vamos tentar fazer ficar semanal, se o tempo nos permitir, e hoje, como prometido, vamos analisar o novo álbum da banda de rock n' roll de Brasília: Capital Inicial! Bom, o que falar desta incrível banda que a 30 anos encanta gerações e mais gerações de pessoas com suas músicas? Complicado achar uma descrição que se encaixe e a defina de maneira correta, demonstrando a grandeza de sua carreira, certo? Por isso, não nos prenderemos a uma descrição minuciosa sobre a banda, deixaremos que as próprias músicas falem pela gente! Nesse sentido, passemos a uma breve biografia da banda, o Capital Inicial surgiu nos anos 80 - na reta final da ditadura -, mas precisamente, a partir do rompimento de uma outro banda lendária do Rock de Brasília, os camisas pretas que o digam, chamada Aborto Elétrico! Através deste rompimento o Brasil ganhou duas das maiores bandas de rock da história, a Legião Urbana, lidera pelo saudoso Renato Russo, e o Capital Inicial, com Dinho Ouro Preto e sua trupe! A partir dai foram inúmeros CDs lançados e muito sucesso. Contudo, ouve um período negro na história do Capital marcado pelos anos noventa, onde o vocalista Dinho Ouro Preto deixou a banda e tentou carreira solo (lançou alguns CDs e, se não me falha a memória, não obteve um sucesso significativo com eles), enquanto o restante da banda - composta por Flávio e Fê Lemos e Loro Jones, com um novo vocalista, Murilo Lima, procuraram manter o grupo em atividade no cenário musical! A banda foi se reunia de novo apenas em 1998, todos cicatrizados da separação e mais maduros após este episódio, sendo o convite da MTV para lançarem o Acústico Capital Inicial nos anos 2000, o ponto chave para o retorno desta grandiosa banda em sua "segunda fase" no novo milênio!


Agora, vamos ao que interessa! O novo trabalho dos caras intitulado Saturno acabou de sair do forno e já esta disponível nas melhores lojas de vendas de disco e também, a banda buscando sempre se atualizar, você pode comprar a versão digital do álbum pelo iTunes! Este novo trabalho dos rockeiros, segundo eles próprios, tem a pretensão de recuperar o vigor e energia dos primeiros álbuns da banda, pois a ideia dos caras foi fazer algo que se aproximasse mais da energia que a banda transmite no palco - diga-se de passagem, os caras fazem um puta show ao vivo, quem ai não lembra do RIR 2011? Peço permissão até mesmo para citar uma parte da entrevista que o Dinho concedeu ao Uol, onde ele exemplifica bem como esta o cenário do Rock N' Roll no páis:

“Eu acho que o rock’n’roll não deveria fazer acordos. Acho que as bandas deveriam ficar na delas, ficar no mundo independente. Foi o que aconteceu com a nossa geração --nós, Legião, Lobão, também éramos independentes e não fazíamos o que estava tocando no rádio. Então, eles não devem aceitar como regra o paradigma de que tem que tocar no rádio. Que é o acordo que algumas das bandas que rolam fazem. Elas parecem chegar a um acordo com o que está tocando no rádio, para ficar um pouco mais digerível, um pouco mais parecido com o sertanejo universitário, com algo mais popular. Acho que o rock deveria ficar na dele, fazendo o que faz, porque o mundo dá voltas. Em algum momento vai surgir alguém que tem uma veia popular, vai surgir um Renato Russo, um Cazuza, e aí estoura. Acho que a gente está vivendo a calma antes da tempestade." OURO PRETO, Dinho. Entrevista concebida a Uol.





 Vamos agora a análise das músicas do álbum Saturno:

1) - O Bem, o Mal e o Indiferente:

Sem dúvidas a melhor música que eu já vi para abrir um CD, nenhuma outra que se encontra no restante do álbum poderia substituí-la a altura, o som que aparece antes da entrada das guitarras com a bateria, lembra aquelas caixinhas de joias que tinha uma bailarina, a geração anos noventa vai identificar fácil! Uma música bem preta e branca, algo nela te transporte para a atmosfera sombria encontrada nos filmes de Alfred Hitchcock (aquele que fez psicose); guitarras, linhas de baixo, bateria muito bem trabalhas e tudo na medida certa! A letra da a maestria final, mostrando como será a tônica do CD.

2) - Água e Vinho:

Uma harmonia para te fazer viajar, um baixo bem definido e um riff de guitarra que guia a voz do Dinho por uma letra que busca demonstrar uma forte oposição, seja sobre pessoas, objetos e etc! Uma música realmente original.

3) - O Lado Escuro da Lua:

O primeiro single do CD, não tem muito o que dizer sobre esta faixa, pois, acredito eu, que todos vocês aqui já tiveram a chance de escutar esta belíssima canção. Um ponto importante a destacar nesta faixa, assim como o título que faz uma homenagem a banda Pink Floyd, é a letra desta música! Realmente muito bem escrita e elaborada. Apesar de muitos rotularem esta faixa como um balada, eu não a classifico assim, pelo fato de tanto o ritmo dela, quanto a letra serem bem distintos.


 4) - Saquear Brasília:

Quando tive a chance de ver os nomes das músicas do álbum Saturno confesso que esta faixa em especial me chamo atenção! Poxa, Saquear Brasília, os caras são doidos! E não teve erro, um rock de primeira e que realmente lembra os bons tempos de sexo, drogas e rock n' roll, uma letra altamente crítica, um arranjo mais do que bem feito e o Capital mostrando o aquilo que sabe fazer de melhor: música de qualidade! Essa música ao vivo deve ser do caralho.

5) - Apocalipse Agora:

Com o fim do ano chegando os caras não iam deixar de fazer uma música falando sobre o fim do mundo, não é mesmo? Mas, não ache que a faixa tem a ver com o Apocalipse maia, pois não tem não. Na verdade é mais uma boa música de rock, com um refrão bem contagiante! Destaco nessa faixa a bateria de Fê Lemos, mando bem demais.

6) - O Cristo Redentor:

Esta faixa me lembra claramente as músicas de rock antigo, ainda não cheguei a uma conclusão do porque em si, mas ela tem um ritmo e um envolvência muito característica do anos setenta/ oitenta! Outra música que demonstra uma originalidade tremenda dos caras! O CD esta sensacional!

7) - Saturno:

Depois de toda loucura que foi as primeiras seis músicas, eis que uma baladinha bem de leve surge e acaba por entrar em contraste com o restante do CD, servindo, até mesmo, de polarizador  para o ritmo frenético que vinha a sequencia de músicas. Uma letra um pouco mais melancólica e triste.

8) - Noites em Branco:

Precedida por saturno, esta faixa seque o ritmo mais calmo que o CD ganha nesta "nova etapa", por assim dizer. 

9) - Poucas Horas:

Esta faixa, na minha opinião é uma das melhores! Uma música muito bem elaborada, bem construída e com variações precisas de tons! Sendo importante ressaltar a letra, muito bem escrita e o refrão que gruda na cabeça; se esta música tocar nas rádios muita gente vai sair com a parte do: "tudo vai ficar bem" na mente!

10) - A Valsa do Inferno:
Com toda certeza eu duvido que esta música toque nas rádios ou seja um single, mas velho: que música do caralho! A voz do Dinho esta sinistra, outra faixa que nos transporta no tempo, sendo que, esta em especial, me lembro os filmes do Tim Burton - algo nesta música lembra aqueles cenários góticos geralmente visto nos filmes dele -, uma letra muito sombria e uma música muito bem construída! A originalidade do Capital neste CD foi impressionante.

11) - Sol Entre Nuvens:

Após a sequencia de duas músicas mais pesadas, de formas diferentes é claro, o álbum volta a trazer uma música mais calma. Uma letra muito bela, reflexiva, feita para viajar e deixar a mente fluir!

12) - Eu Ouço Vozes (faixa feita exclusivamente para iTunes):

Esta música lembra bem o trabalho que o Capital fez a um tempo atrás resgatando as músicas do Aborto Elétrico, até mesmo no estilo de mixagem que foi utilizado, pois  voz do Dinho parece mais baixa que os instrumentos! Dale Capital!

13) - Um Homem Sem Rosto (faixa feita exclusivamente para iTunes):

Uma música que lembra o trabalho dos caras no álbum, Rosas e Vinho Tinto, estas duas faixas exclusivas do iTunes contrasta bem entre as duas fases da banda, vale a pena escutá-las.


Bom, é isso ai galera, para quem é fã este sem duvida é o melhor CD dos caras deste o Acústico MTV e para quem não é: tá esperando o que para ir comprar este CD? Uma banda que após seu sucesso inicial, viu o inferno de perto e ressurgiu como a fênix no novo milênio merece que você prestigie o trabalho, ao menos não acha? Quem quiser baixar para conferir o trabalho dos caras, segue o link: @TheMediafire Abraço a todos, até a próxima!



By: Winchester!
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

Um comentário: