31 de jul de 2014

Análise de segunda: Kill la Kill


Galera trago hoje para vocês nossa Análise de segunda!! Okey, okey acredito que, nesse exato momento, alguns de vocês devem estar se perguntando: “porra mais hoje é sexta como assim analise de segunda?”.  Certo? Mas entendam uma coisa: esse nome foi dado apenas como uma piada de duplo sentido meus caros amigos players!! Ora, eu nem quero enganar vocês pelo atraso. Deixando esses pequenos detalhes de lado, vamos ao que interessa! Hoje no AdS - acabei que criar essa sigla - de hoje vamos falar pela primeira vez aqui no blog sobre animes (\o/ uhuuul). E o anime que trago hoje foi considerado por muitos um dos destaques da temporada de OUTONO 2013, isso mesmo estou falando sobre Kill la Kill.



Titulo: Kill La Kill
Autor: Trigger, Nakashima Kazuki
Direção: Imaishi Hiroyuki
Gênero: Ação, Vida Escolar, Fan Service.
Produtora: Trigger
Exibição Original: 2013
Número de Episódios: 24





Sinopse:

        Kill la Kill se passa em Honnouji Academy uma escola situada na baía de Tóquio, no Japão. Esta escola é dominada pelo seu temível conselho estudantil, liderado por Satsuki Kiryuin . Os membros deste conselho usam uniformes especiais chamados Uniformes-Goku que lhes concedem habilidades sobre-humanas, eles são usados para oprimir o resto dos alunos da escola e funcionários. 
         Ryuko Matoi, nossa protagonista é uma estudante transferida para Honnouji Academia, ela que empunha metade de uma espada longa em forma de tesoura, e esta em busca do assassino de seu pai, que é assumido como sendo o proprietário da outra lâmina da tesoura. 
         Depois de tomar uma surra nas mãos do conselho estudantil, ela se depara acidentalmente com o “uniforme marinheiro” denominado como Senketsu (bizarramente é um uniforme que fala!! Mas, releve, não esqueça que isso é um anime,  Japão é Japão, né?), que a fornece poderes extraordinários que lhe permitem lutar contra Satsuki e seus capangas.

chegada a Academia Honnouji 

Minhas considerações:


         Kill la Kill surpreendeu muitos pelo fato de estar concorrendo em uma temporada lotada de animes bons, apesar de começar parecendo um anime cheio de clichês, ele conseguiu prender seu publico e melhorar o desenvolvimento de sua historia a cada episódio; deixando de ser apenas um anime com varias cenas de “nudez” e pancadaria desenfreada. No que diz respeito as lutas, o anime segue bastante o estilo Shōnen (anime para garotos), com lutas bem coreografadas, com sangue a rodo e finalizações incríveis.
         E tenho que dizer que, diferentes de muitos animes bobinhos que temos por ai, Kill la kill possui revelações bombásticas ao longo da serie! Sendo uma dessas revelações, em particular, há que acontece em um episódio no qual o foco é trazer uma crítica aos humanos; crítica, essa, relativa a ganância que é simplesmente de cair o cú da bunda (vale muito a pena ver).





         Acredito que esse seja o segredo do sucesso de Kill la Kill, muitas lutas, muito sangue, uma personagem principal carismática, uma vilão com um plano de destruição mundial, uma historia louca,  trilha sonora de arrepiar e, é claro, não posso terminar este post sem falar da organização secreta com o nome mais bizzaro de todos os tempos: lógico que estou falando da “Nudist Beach”, pode ater parecer Zueira mais assistindo você vê que este maldito nome faz sentido kkkk.
(Biiiiizzzzzzaaaaarrrrrooo)




         Então galera que acompanhou mais esse Post do FL, essa foi análise e, porque não, minha dica para vocês queridos players: Kill la Kill é um anime curtinho, são apenas 24 episódios, ou seja, da pra ver em uma semana! Para os mais viciados em 2 dias! Poderia até falar mais sobre esse anima, porém quero evitar spoilers, então, se gostaram vistam seus uniformes e preparem-se para encarar essa aventura.


Episódios online:

Se quiser ver esse anime online, clique aqui (link do anitube). Também já esta disponível no NetFlix!






By: Dekalq!
Compartilhar:
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário